Uber em Buenos Aires: vale a pena?

Guia 2022

O Uber chegou a Buenos Aires em 2016, causando grande polêmica como em todas as cidades do mundo onde foi desembarcando. No caso particular da capital argentina, o app foi considerado ilegal e enfrentou uma forte rejeição tanto por parte dos taxistas como das autoridades locais.

Com o passar dos anos, e principalmente com a chegada de outras empresas como Cabify e Beat, os aplicativos de transporte se expandiram e tiveram sua atividade finalmente reconhecida. Hoje em dia o Uber opera normalmente e convive com diversas alternativas, tanto em Buenos Aires como nas principais cidades do país.

Preço: O Uber em Buenos Aires, bem como a maioria dos outros apps de transporte, funciona com um sistema de “tarifa dinâmica”. Isso implica que o preço pode subir de forma abrupta quando a demanda for considerada alta. Quando a procura é normal, o Uber costuma ser uma boa opção. De qualquer forma, os apps mais econômicos em Buenos Aires atualmente são Beat, DiDi e inDriver.

Segurança: No começo, o Uber tinha que ser usado de forma discreta por conta da perseguição dos taxistas, mas hoje todos os aplicativos podem ser usados normalmente. Além disso, a maioria oferece aos passageiros funções de segurança e auxílio em caso de emergências.

Conforto: A qualidade dos carros básicos dos apps de transporte em Buenos Aires (bem como a dos táxis) pode deixar a desejar. Para quem prefere veículos diferenciados, vale a pena pagar um pouco mais pelas versões Uber Comfort, Cabify Executive ou então contratar transfers particulares.  

Pagamento: O Uber é o aplicativo que oferece mais opções de pagamento, incluindo cartões de crédito e débito (tanto argentinos como estrangeiros), Mercado Pago, PayPal e dinheiro.

Os aplicativos com prestações similares às do Uber em Buenos Aires são cinco atualmente:

  • Cabify, que oferece carros padrão, carros executivos, táxis e envios;
  • Beat, que oferece carros padrão, táxis e envios;
  • DiDi, que oferece carros padrão e táxis;
  • inDriver, que permite que o passageiro escolha o motorista e a tarifa a pagar;
  • BA Taxi, aplicativo oficial da prefeitura que utiliza a rede de táxis comuns.

Se você já usa algum desses aplicativos no Brasil pode usar o mesmo na Argentina, não sendo preciso baixar outro app. 

Entre as opções clássicas, além dos táxis vale mencionar também o remís, um serviço que existe há décadas no país. Funciona como um transfer ou traslado sem taxímetro, cujo preço é indicado de antemão. Só está disponível contratando antecipadamente através das agências de transfer ou remís (as famosas “remiserías”).

Tanto o Uber como os demais aplicativos são a alternativa mais barata de transporte particular saindo de Ezeiza, desde que a demanda seja considerada normal no momento de pedir o veículo.

Tomando como exemplo o trajeto do aeroporto de Ezeiza até o centro de Buenos Aires (Obelisco), os valores em agosto de 2022 giram em torno de $3.000 a $3.500 pesos argentinos para todos os apps. A modo de comparação, pegar um táxi no aeroporto de Ezeiza custa cerca de $4.900.

A corrida mais conveniente termina sendo a do Cabify, já que esse é o único aplicativo que oferece um bom desconto para novos usuários. A segunda opção mais econômica é o inDriver, por ser o único aplicativo que permite negociar a tarifa.

Uma boa ideia para quem gosta de se programar com antecedência é contratar um transfer individual ou compartilhado à sua medida, evitando assim os contratempos da (imprevisível) tarifa dinâmica dos apps. Esta opção também é ideal para grupos ou famílias numerosas.

Para quem viaja sozinho, pode valer a pena pegar o ônibus executivo Tienda León até o terminal da empresa em Puerto Madero e dali pegar um táxi até o seu destino final.

No caso do Aeroparque Jorge Newbery, como é um aeroporto que fica dentro da própria cidade, não existem grandes diferenças de preço entre um app e outro. Como referência, os valores do Uber do Aeroparque até o centro de Buenos Aires em agosto de 2022 vão de $1.500 a $2.000 pesos argentinos dependendo do destino final.

Confira abaixo as principais funções e características do Uber e dos outros apps de transporte em Buenos Aires: Cabify, Beat, Didi, inDriver e BA Taxi.

App de transporte | $

Mais que um app de transporte, o Uber é um dos modelos de negócios mais emblemáticos da nova economia compartilhada. Criado na Califórnia em 2009, tornou-se uma empresa realmente global, com operações nos cinco continentes.

O Uber funciona em Buenos Aires desde 2016 e, apesar dos contratempos já mencionados, hoje conta com mais de 200 mil motoristas e mais de 7 milhões de usuários cadastrados na Argentina.

Uber em Buenos Aires: vale a pena? 23 Frota ampla, o que representa um menor tempo de espera.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 23 Grande área de cobertura em Buenos Aires e em todo o país.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 25 Funções de segurança no app e auxílio 24 horas em caso de emergência.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 23 Oferece a opção de pedir veículos diferenciados.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 27 Permite fazer reservas com até 30 dias de antecedência.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 27 O app também indica trajetos alternativos usando transporte público.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 29 Os preços podem subir muito em determinado momento por conta da tarifa dinâmica.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 29 Não tem desconto para novos usuários.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 29 O Uber exige uma selfie obrigatória comprovando uso de máscara antes de cada corrida, enquanto outros apps não têm essa restrição.

O Uber em Buenos Aires está atualmente disponível em diversas versões:

  • UberX, para corridas individuais básicas;
  • UberX Juntos, para corridas compartilhadas;
  • Uber Comfort, para corridas individuais em veículos diferenciados;
  • Uber Taxi, para pedir um táxi pelo aplicativo;
  • Uber Flash, para enviar ou receber encomendas;
  • Uber Eats, serviço de entrega de comidas que funciona dentro do mesmo app.

Basta abrir o mesmo aplicativo que você já usa no Brasil. Se ainda não estiver cadastrado no Uber, baixe o app aqui.

  • Cartão de crédito argentino ou internacional
  • Cartão de débito argentino ou internacional
  • Dinheiro
  • Mercado Pago
  • Paypal

O Uber circula na cidade de Buenos Aires e em um raio amplo da sua região metropolitana, incluindo os arredores da cidade de Zárate (ao norte), La Plata (ao sul) e San Miguel del Monte (a oeste).

Também está disponível em outras 15 cidades argentinas, incluindo Rosario, Santa Fe, Córdoba, Mar del Plata, Bahía Blanca, Mendoza, Alto Valle, Comodoro Rivadavia, Posadas, Resistencia, Corrientes, Paraná, Salta, San Salvador de Jujuy e Tucumán.

App de transporte | $

O Cabify é um aplicativo de transporte criado em Madri que opera principalmente na Espanha, em Portugal e na América Latina. Apesar de ter encerrado suas operações no Brasil em junho de 2021, continua funcionando normalmente na Argentina. 

Em Buenos Aires o app começou a circular em 2016, poucos meses depois da chegada do Uber. Seu grande diferencial foi se apresentar como a primeira alternativa 100% legalizada, já que os motoristas devem ter carteira profissional e registro fiscal.

Uber em Buenos Aires: vale a pena? 23 Frota ampla, o que representa um menor tempo de espera.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 25 Funções de segurança no app e auxílio 24 horas em caso de emergência.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 23 Oferece a opção de pedir veículos diferenciados.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 23 Permite fazer reservas.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 23 Tem desconto para novos usuários.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 23 Empresa sustentável e neutra em emissões de carbono.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 38  Os preços podem subir muito em determinado momento por conta da tarifa dinâmica.

O Cabify oferece atualmente diversas versões em Buenos Aires:

  • Cabify, para corridas básicas;
  • Cabify Executive, para corridas em veículos diferenciados;
  • Cabify Extra Comfort, para corridas em veículos com porta-malas mais espaçoso;
  • Cabify Taxi, para pedir um táxi pelo aplicativo;
  • Cabify Envíos, para enviar encomendas de qualquer tamanho;
  • Cabify Envíos Moto, para enviar pequenas encomendas.

Se ainda não estiver cadastrado no Cabify, baixe o app aqui e receba um desconto na primeira corrida!

  • Cartão de crédito argentino ou internacional
  • Cartão de débito argentino ou internacional
  • Dinheiro
  • Paypal

O Cabify funciona nas cidades argentinas de Buenos Aires, Rosario, Mendoza e Córdoba.

Em parceria com Cabify

App de transporte | $

O Beat chegou a Buenos Aires em novembro de 2019 para bater de frente com o Uber e o Cabify. A promessa foi ser a opção mais barata das três, o que vem se cumprindo na prática. O segredo é que a empresa oferece um interessante sistema de incentivos para os motoristas.

O Beat é um app de origem grega, hoje propriedade das montadoras alemãs BMW e Daimler. O foco da empresa é a América Latina, onde já tem uma boa cobertura em países como Peru, Colômbia, Chile e México.

Uber em Buenos Aires: vale a pena? 23 Costuma ser mais barato que os táxis e também que o Cabify e o Uber.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 25 Funções de segurança no app e auxílio 24 horas em caso de emergência.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 29 Os preços podem subir muito em determinado momento por conta da tarifa dinâmica.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 29 Às vezes o tempo de espera é alto ou não há carros disponíveis.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 29 Não permite fazer reservas.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 29 Não tem desconto para novos usuários.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 29 Não tem opção de pedir veículos diferenciados.

O Beat funciona em Buenos Aires nas seguintes versões:

  • Beat, para corridas individuais básicas;
  • Beat Taxi, para pedir um táxi pelo aplicativo;
  • Beat Envío, para enviar encomendas de qualquer tamanho;
  • Beat Envío Moto, para enviar pequenas encomendas.

Ja que o Beat não está disponível no Brasil, você deverá baixar o app aqui.

  • Cartão de crédito argentino ou internacional
  • Dinheiro

O Beat circula na cidade de Buenos Aires e em toda a sua região metropolitana. Futuramente pretende se expandir a outras capitais argentinas.

App de transporte | $

O DiDi desembarcou em Buenos Aires em novembro de 2020, sendo o quarto aplicativo do ramo em operar no país. Com uma proposta similar ao Beat, seu foco é oferecer preços econômicos aos passageiros e, ao mesmo tempo, condições interessantes aos motoristas (muitos dos quais são taxistas).

O DiDi é um dos maiores aplicativos de transporte do mundo. Criado em 2012 na China como uma alternativa ao Uber, conta com investidores de peso como SoftBank, Apple, Alibaba e Tencent. Além de operar em outros importantes mercados como Rússia e Austrália, o DiDi tem um importante foco na América Latina. Hoje em dia está presente em países como Brasil (através do app 99), Argentina, Chile, México, Colômbia, Equador, Costa Rica e Panamá.

Uber em Buenos Aires: vale a pena? 23 É um dos aplicativos mais baratos, junto com Beat e inDriver.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 25 Funções de segurança no app e auxílio 24 horas em caso de emergência.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 25 Tem desconto para novos usuários.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 29 Os preços podem subir muito em determinado momento por conta da tarifa dinâmica.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 29 Às vezes o tempo de espera é alto ou não há carros disponíveis.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 29 Não permite fazer reservas.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 29 Não tem opção de pedir veículos diferenciados.

O DiDi funciona atualmente em Buenos Aires em duas versões:

  • DiDi Express, para corridas individuais básicas;
  • DiDi Taxi, para pedir um táxi pelo aplicativo.

Se ainda não estiver cadastrado no DiDi, baixe o app aqui e receba um desconto na primeira corrida!

  • Cartão de crédito ou débito (argentino ou internacional)
  • Dinheiro

O DiDi circula na cidade de Buenos Aires e em toda a sua região metropolitana, inclusive em La Plata. Futuramente pretende se expandir a outras capitais argentinas.

Em parceria com DiDi

App de transporte | $

O inDriver é um aplicativo de transporte de origem russa com sede na Califórnia e presença em mais de 42 países. Seu grande diferencial é permitir que o passageiro indique primeiro quanto está disposto a pagar e que, com base nesse valor, receba propostas de diversos motoristas e escolha aquela que achar melhor.

O app chegou a Buenos Aires em abril de 2022, trazendo uma solução econômica e inovadora para o transporte urbano portenho. No Brasil, o inDriver já estava disponível desde 2018 e hoje alcança mais de 30 cidades.

Uber em Buenos Aires: vale a pena? 23 É um dos aplicativos mais baratos, junto com Beat e DiDi.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 25 Não tem tarifa dinâmica e o preço combinado sempre será respeitado.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 25 Único app que deixa o passageiro escolher o carro/motorista.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 25 Funções de segurança no app e botão para emergências.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 29 Não aceita cartão, apenas dinheiro ou MercadoPago.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 29 Não permite fazer reservas.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 29 Não tem opção de pedir veículos diferenciados.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 29 Não tem desconto para novos usuários.

O inDriver em Buenos Aires não estabelece diferentes categorias, mas permite escolher certas características do veículo que vai prestar o serviço. Entre elas: carros para mais de 4 passageiros ou com espaço no porta malas, e/ou carros que aceitam animais domésticos.

Basta abrir o mesmo aplicativo que você já usa no Brasil. Se ainda não tiver cadastro no inDriver, baixe o app aqui.

O inDriver circula na cidade de Buenos Aires e em toda a sua região metropolitana.

App de transporte | $

O BA Taxi foi lançado em 2017 pela prefeitura de Buenos Aires como uma resposta oficial ao Uber. O aplicativo utiliza a rede de táxis comuns e, portanto, as tarifas correm por conta do taxímetro. De qualquer forma, o sistema calcula o valor estimado de cada corrida e também incorpora vários benefícios dos apps internacionais.

Uber em Buenos Aires: vale a pena? 62 Boa disponibilidade de veículos, resultando em um menor tempo de espera.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 62 Permite pagar com cartão de débito ou crédito, e não apenas em dinheiro como é o caso da grande maioria dos táxis que circulam pelas ruas.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 64  Como o valor final depende do taxímetro, o app só indica uma faixa de preço estimada.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 64  Os táxis costumam ser mais caros do que os outros apps no horário de bandeira 2 (das 10 da noite às 6 da manhã).
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 64  Via de regra, os táxis só circulam dentro dos limites da cidade de Buenos Aires.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 64  Não é possível escolher um destino pelo nome já que o app só entende endereços.
Uber em Buenos Aires: vale a pena? 64  Não tem funções de segurança, apenas permite indicar eventuais objetos perdidos.

O BA Taxi não estabelece diferentes categorias, mas permite escolher certas características do carro que vai prestar o serviço. Entre elas: espaço para bagagem, idioma inglês ou português, carros pet friendly ou carros dirigidos por mulheres.

Use este link para baixar o app do BA Taxi.

  • Cartão de crédito argentino ou internacional
  • Cartão de débito argentino ou internacional
  • Dinheiro

O BA Taxi só funciona na cidade de Buenos Aires.

Comentários

  • Uber em Buenos Aires: vale a pena? 69
    Roseli Westphal
    10 de agosto de 2022 a 3:55 PM

    Estarei em BA entre conexões e pretendo sair do aeroporto, almoçar e passear para mostrar os principais pontos turísticos de carro à minha filha, porém estaremos em 4 pessoas, com malas. Teremos 3 horas para esse passeio. O que me sugerem?

    • Uber em Buenos Aires: vale a pena? 70
      Carol
      10 de agosto de 2022 a 5:00 PM

      Oi Roseli! A Civitatis oferece um passeio privativo exatamente para quem vai fazer escala em Buenos Aires como vocês (através deste link). A diferença é que dura 5 horas em vez de 3. Neste caso, sugiro reservar pelo site para poder conversar com o prestador e, em todo caso, cancelar a reserva gratuitamente caso não possa ser adaptada ao que vocês precisam. Abraço! Carol

  • Uber em Buenos Aires: vale a pena? 70
    rodrigo silveira
    20 de setembro de 2019 a 5:29 AM

    Uma excelente opção, além do remis, é o ônibus da Tienda Leon. Entre aeroportos ou entre estes e o centro sai bem mais barato e tem muitos horários disponíveis. E seguro, sem dúvida.

  • Uber em Buenos Aires: vale a pena? 70
    Marcelo Gianello
    12 de agosto de 2019 a 4:43 AM

    O serviço de uber é uma porcaria, vce tem que chamar varias vezes, a maioria é ignorante te xingam se vce quer pagar com cartão. Cancelam varias vezes, não sabem onde pegar no aeroporto, em resumo um caos. Optei pelo remis executivo, excelente serviço.

  • Uber em Buenos Aires: vale a pena? 70
    Rafael Nunes
    16 de julho de 2019 a 6:49 PM

    Retornei de Buenos Aires há dois dias e utilizei o Cabify por lá diversas vezes. Tive alguns problemas no aplicativo durante a noite, mas durante o dia me serviu muito bem. Quando chegamos em Ezeiza o Cabify não funcionou, então, pedimos um Uber, que deu diversas desculpas para não ir, mas depois de muita insistência (e uns 20 minutos), chegou até lá. Ele explicou a questão da irregularidade da Uber (pediu que um de nós sentasse no banco do carona), mas também explicou que, por conta da crise econômica, dá mais preferência a quem paga em dinheiro e o nosso meio de pagamento era em cartão no aplicativo.
    Utilizei táxi uma vez e nunca mais. O carro estava com o GNV (ou GNC) desregulado e ficava estourando por diversas vezes. No final da corrida, o taxista alegou que não tinha troco,saiu do carro, deixou o taxímetro rodando e foi tentar trocar o dinheiro. No final das contas, voltou sem troco, me deu o que tinha e ainda ficou com uns quatro reais (ou quarenta pesos).
    Li o post aqui e usei o Cabify lá. Valeu a dica e fica meu relato pra ajudar aos demais.

    • Uber em Buenos Aires: vale a pena? 74
      rozi
      4 de janeiro de 2020 a 6:52 PM

      Uma corrida do aeroporto (Aeroparque (AEP) ao centro está em torno de quanto?

      • Uber em Buenos Aires: vale a pena? 70
        Carol
        4 de janeiro de 2020 a 8:48 PM

        Oi Rozi, está no texto acima! Calcule de $250 a $350 pesos dependendo do destino final.

  • Adicionar um comentário

    Confira também

    jul 25
    Qual é (realmente) a melhor cotação do peso argentino?

    Qual é (realmente) a melhor cotação do peso argentino? Guia Quem acompanha, mesmo por…

    jun 01
    6 melhores shows de tango em Buenos Aires (e o mais polêmico!)

    6 melhores shows de tango em Buenos Aires (e o mais polêmico!) Guia Quem visita Buenos…

    dez 30
    Qual é o melhor zoológico de Buenos Aires?

    Qual é o melhor zoológico de Buenos Aires? Guia A cidade de Buenos Aires não tem mais…

    Experiências mais reservadas na Argentina